Arquivo da Categoria "Hipnose Melhorando a Gestação e o Parto"

Motivação para aprender a Hipnose, que melhora a Gestação e o Parto – por Gabriela

Postado por admin em 13/fev/2017 - Sem Comentários

Gabriela Laplane compartilhou também sua motivação para pegar a ponte aérea e participar de uma das primeiras turmas do Curso de Hipnose Melhorando a Gestação e o Parto; vejam que bacana:
“A minha motivação para fazer o curso veio da percepção de como a técnica de hipnose foi positiva para a experiência de gestação, parto e pós-parto da minha filha. Era a minha segunda gestação e apesar de ter me informado muito bem, lendo todos os livros e participando de rodas de gestantes e de ter praticado ioga durante toda a gestação, me conectando com o meu bebê, eu fiquei muito ansiosa durante o parto e tive muita dificuldade para me concentrar e relaxar.
Com as práticas de hipnose a minha percepção corporal, meu estado de ânimo e minha capacidade de concentração mudou completamente. E o resultado da prática dos relaxamentos e dos exercícios de respiração foi um parto muito mais tranquilo, rápido e consciente. Me senti segura, feliz e em muitos momentos nem dor senti. Foi uma experiência maravilhosa que mudou a minha relação com a dor. Utilizo as técnicas até hoje nas mais diversas circunstâncias. Por isso, atuando como doula, tendo paixão por acompanhar gestantes e casais durante esse período de espera e nascimento do bebê, tudo o que eu queria era poder disponibilizar mais essa ferramenta, para que outras pessoas pudessem passar pela experiência maravilhosa que eu passei.”
Gabriela Laplane, Doula que recomendo no Rio de Janeiro 😉
Ela também escreveu algo relevante sobre a experiência dela com o curso… legal ler quem ainda se sente inseguro sobre a real relevância do curso na prática clínica:
“Acho que fica uma dúvida ao final do curso, como acontece em todo curso, fruto da ansiedade: será que serei capaz de colocar em prática o que aprendi? Assimilei as técnicas de hipnose?
Eu acho que tive uma vantagem extra por estar mais familiarizada com o tema pelo curso de Hypnobirthing. Foi mais fácil assimilar a perspectiva profissional já tendo passado pela experiência de cliente. Mas lembro de ter me sentido com essa dúvida enquanto fazia os treinamentos do Hypnobirthing: será que é isso mesmo? Estou no caminho certo? Haverá mesmo algum efeito deste treinamento na hora do parto? Durante o pré-natal foi ótimo, sem dúvida, era claro o efeito que o relaxamento tinha sobre mim. Mas é isso, ansiedade! Porque a experiência é que nos faz ter a real dimensão das coisas… Assim, acredito que praticando, as alunas (os) do curso vão ficar muito satisfeitos quando virem os resultados!”
É por isso que o curso é bem prático mesmo! Para que todos possam sair praticando e realmente colham bons frutos! 😉

Relato sobre a participação no Curso de HMGP – por Gabriela

Postado por admin em 13/fev/2017 - Sem Comentários

“O curso foi muito proveitoso porque os benefícios da hipnose na gestação, parto e pós parto são passados de maneira muito clara. O relaxamento, a segurança, a concentração, o acolhimento e os pensamentos positivos são ferramentas valiosas em diversas situações e, principalmente, quando uma mulher está gestando, parindo e cuidando de um bebê.

Me deparei com a importância do curso enquanto ainda estava no meio dele, num pequeno intervalo entre um módulo e outro: encontrei com uma amiga grávida, que me revelou que estava revivendo uma experiência negativa da primeira gestação cada vez que ela tomava banho. Ela me disse que se sentia ansiosa, com taquicardia e muito apreensiva, apesar de racionalmente saber que a experiência ruim não estava se repetindo naquele instante. Foi então que me lembrei de uma das técnicas descritas no curso. A técnica consiste em, primeiramente, tirar o foco da ansiedade da pessoa com um exercício de relaxamento ou distração e, em seguida, essa pessoa é convidada a analisar novamente a situação vivida. Desta forma, ela tem condições de deixar a posição de agente para assumir (também) a posição de observador. Com isso, utiliza a razão para analisar as suas reações e pode entender e até mesmo controlar melhor os sentimentos trazidos pelo subconsciente. Depois deste exercício, usamos outra técnica de hipnose aprendida no curso: sugeri à minha amiga um vínculo positivo com o banho nesta nova gestação. Com a repetição do exercício, as boas impressões do banho ganhariam lugar no subconsciente. “
Gabriela Laplane, Doula
*Gabriela contou esta história no segundo dia do curso, dizendo que deixou sua amiga (na noite anterior) já mais tranquila e muito grata!

Relato sobre a participação no Curso de Hipnose Gestação e Parto

Postado por admin em 13/fev/2017 - Sem Comentários

Hoje venho falar sobre o curso de Hipnose Melhorando a Gestação e o Parto ministrado pela Lúcia Junqueira.

Minha cunhada estava grávida e 5 meses e conheceu o trabalho da Lúcia através de uma palestras para casal gravido. Eles fizeram um curso com a Lucia para se preparar para o parto (natural) e ficaram encantados com tudo que aprenderam. Então logo que saíram do curso, meu irmão falou que era pra eu fazer um curso com a Lúcia. Imediatamente entrei em contato.

O curso que eu fiz, é um dos cursos que a Lúcia oferece. O curso de Hipnose Melhorando a Gestação e o Parto direcionado para profissionais, aborda assuntos sobre a vivência do parto e técnicas de hipnose para a preparação para este momento tão desejado e cheio de expectativas e mitos que podem assustar a gestante.

O grande diferencial do curso de Hipnose Melhorando a Gestação e o Parto comparado com um curso de Hipnose tradicional (que eu já havia feito), é que a proposta do trabalho é baseado em parceria: o profissional utiliza técnicas e orienta a gestante como realizar estas técnicas em casa e no momento do parto. Não é focado em transe hipnótico, no qual o paciente depende das sessões para trabalhar crenças e questões do subconsciente. A gestante tem participação ativa no processo.

Este curso foi um divisor de águas na minha carreira.

Agradeço ao meu irmão e minha cunhada pela indicação e à Lúcia pela doçura e paixão pelo trabalho que ela realiza. Amei a forma clara como ela nos ensinou.

Pretendo plantar esta semente por onde for e indicar o maior número de profissionais para aprender esta técnica que serve para a vida. E meus pacientes agradecem, junto com as gestantes que poderão vivenciar este momento com muito mais prazer que medo!!!

Lílian Mara – Psicóloga e Coach

2016

Relato do uso da Hipnose durante o parto – Visão da Profissional – 1

Postado por admin em 13/fev/2017 - Sem Comentários

É com muito prazer que tarnscrevo aqui esta linda história de sucesso, compartilhada por uma das minhas alunas de 2016, a obstetra de Salvador, Adriana Monteiro:

 

“Como plantonista de emergência, também podemos trabalhar com gestantes que muitas vezes não seremos nós  a assistir o parto.
Primigesta de 30 anos, acompanhada da irmã que pariu cesaria eletiva. Encontrei-a deitada numa maca, no corredor da emergência que estava superlotada, mas era uma emergência geral-idosos, homens e mulheres todos juntos separados apenas por biombos/cortinas.
Ela estava deitada de lado, com o rosto coberto, os olhos fechados gemente…

Cheguei sorrindo para a acompanhante, me identifiquei; por cima do lençol toquei de leve a cabeça da paciente. Chamei-a pelo nome e pedi  que descobrisse o rosto.
Sorri novamente, com calma, olhei nos olhos, e afirmei: bom dia, moça! Que bom! Estou vendo que tem um pimpolho que quer chegar! Como se chama seu filho?
Ela respondeu com um sorriso de dor.
Perguntei como poderia ajudá-la e se eu poderia lhe dar umas dicas.
Comecei a conversar, pedi que se sentasse mais confortável.  Ela deseja natural. Reforcei que ela já estava em parto.
Não toquei. Já tinha contrações efetivas, há uma hora haviam tocado com apenas 1 cm. Apenas tanquilizei com o sonar que o bebe (pelo nome) estava ótimo e feliz por estar chegando.
E aí, vem a parte legal.
Pedi que fechasse os olhos. Orientei as respirações, fiz movimento horário síncrono com a respiração em suas costas  (passando a mão com firmeza mais delicadeza, em círculos, como se eles orientassem a respiração) e comecei a dizer a ela: vc está calma, seu bebê está chegando, olha que coisa linda, seu corpo se abrindo…se concentre, sempre há muito barulho aqui do lado de fora, mas vc está conectada apenas com seu útero e seu bebê.  Nos esqueça aqui fora.
Eu apenas internei essa mulher. Era fim de plantão.
Definimos juntas a frase de poder: há muito barulho aqui fora, mas eu estou em silêncio aqui dentro.

Fui embora de coração apertado.

Na noite seguinte, fui visitá-la. Fiquei transbordando de felicidade! Agora ela me recebeu com um imenso sorriso!!!
Obrigada, eu pari rápido! Obrigada, fiquei no meu silêncio, piscou pra mim e me mostrou seu bebê.

Me relatou tudo, sua vontade de desistir mas sempre se lembra ando do meu aviso que cá fora estaria muito barulho e ela precisava fechar os olhos, respirar e se concentrar no útero e no bebe.

É  isso. Em 15 minutos pude fazer um trabalho de que conectou a mulher durante todo seu trabalho de parto.

Ah, fundamental explicar ao acompanhante como ele pode ajudar, frases positivas de incentivo.

Ensinar a paciente a fazer seu ninho em meio ao caos. O lençol no rosto e os olhos fechados eram a forma dela se defender dos estímulos externos. Valorizem isso. Valorizem o desejo dela. Trabalhei o medo da dor (dei explicações detalhadas sobre para que serve a contração e a normalidade da dor…Que fomos feitas pra isso, nosso corpo dá  um jeito…) sempre palavras delicadas e positivas.

Um bjo grande, Lúcia, feliz por poder contribuir.”

Nós que agradecemos pelo seu empenho, bonito trabalho e compartilhar! _/\_